sexta-feira, 20 de abril de 2012

Cabildo de Buenos Aires

O Cabildo é o único edifício sobrevivente do período colonial, em Buenos Aires. E fica no lado oeste da Plaza de MayoO prefeito Torcuato de Alvear derrubou a maior parte do edifício para criar a Avenida de Mayo

Obelisco da Plaza de Mayo e Cabildo, ao Fundo
Obelisco da Plaza de Mayo e Cabildo, ao Fundo

Apesar da reforma italianizada feita no final do século XIX, as linhas simples e as colunas do Cabildo contrastam fortemente com as dos edifícios ornamentados construídos, posteriormente, ao seu redor. 

O prédio do Cabildo abriga um pequeno museu de artefatos históricos. 

Localização: Bolívar,65, Buenos Aires
Entrada gratuita às sextas-feiras.

Veja também
Buenos Aires: Planejamento da Viagem e City Tour
A Casa Rosada e A Troca da Guarda, em Buenos Aires

19 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Avenida de Mayo +++

Primeira avenida de Buenos Aires.
Segue, para muitos, a mais bela e senhorial.
Une a Casa Rosada ao Congresso da Nação.
E por isso, tornou-se uma via cental.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Avenida de Mayo, a Grande Via +++

Nos extremos, dois destaques da vida cívica argentina.
A Casa Rosada e o Congresso da Nação.
Por isso, suas dez quadras são a coluna vertebral da cidade.
Desde a origem da Avenida de Mayo, em 1894.
Ela inicia na Plaza de Mayo.
E acaba na Plaza Del Congreso.
No subsolo funciona a primeira linha de metrô da cidade.
A linha A começou a operar em 1913.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ A Senhorial Avenida de Mayo +++

A inspiração foram os clássicos bulevares parisienses.
Ao longo da avenida, há pontos comerciais tradicionais.
O Café Tortoni, a confeitaria London e o bar Los 36 Billares.
Teatros históricos, como o Avenida.
Hotéis emblemáticos: Astoria, Castelar, Chile e Majestic.
Sem falar nas belas fachadas e cúpulas.
Como o Palácio de Gobierno Porteño.
A Casa de La Cultura, com peça de bronze de 5,5m de altura.
O Palacio Barolo e a Inmobiliaria.
Pode-se ver a cúpula desta da Plaza Del Congreso.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Esculturas da Avenida de Mayo +++

Ficam na esquina com a Avenida 9 de Julio.
Ali, estão as estátuas da Sabedoria e da Virtude.
Uma fonte monumental francesa de 1850.
Há ainda o monumento a Dom Quixote.
A rainha Sofia, da Espanha, inaugurou-o, em 1980.
Em comemoração aos 400 anos de fundação da cidade.
Desde mesmo ponto, observam-se dois monumentos.
No sentido norte, fica o Obelisco.
Ao sul, uma gigante instalação dedicada a Eva Perón.
Sobre a fachada do Ministerio de Salud e Desarrollo Social.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Cabildo de Buenos Aires +++

A construção data de 1775.
Ali, ocorriam as reuniões políticas na época colonial.
Em 1933, tornou-se Monumento Histórico Nacional.
E em 1960, surgiu o Museu Nacional Del Cabildo.

Fonte: Guia O Viajante – Argentina, Zizo Asnis, 2009.

Leonardo Brocker disse...

+++ Cabildo – Bolívar, 65 +++

Ponto chave do processo político argentino.
Hoje, funciona como museu.
Ingresse no antigo calabouço.
E leia a ordem de fuzilamento do vice-rei Liniers.
Ao sair, inicie o passeio pela Avenida de Mayo.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Cabildo Nacional: A Construção +++

A construção original data de 1608.
Até então, as reuniões ocorriam no forte contíguo.
Em 1751, concluiu-se uma nova obra.
Esta, em mãos de arquitetos jesuítas.
Em 1763, acrescentou-se a torre central.
E instalou-se o primeiro relógio público.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Cabildo Nacional: Modificações Estruturais +++

O Cabildo foi local chave no processo republicano.
Até 1821, com a revolução consumada.
Então, caiu em desuso.
E sofreu modificações.
A principal, com a abertura da Avenida de Mayo, em 1889.
Na ocasião, o prédio perdeu três arcos.
Também, reduziu-se a torre.
A restauração ocorreu no Bicentenário da Revolução.
Em 1933, o prédio tornou-se Monumento Nacional.

O museu habilitou uma sala de peças históricas, em 2016.
Dentre elas, a ordem de fuzilamento ao vice-rei Liniers.
E a pequena imprensa que o General Belgrano usava nas expedições.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Casa Rosada – Balcarce, 50 +++

Principal sede de governo custodiada por granadeiros.
O último discurso de Evita Perón no balcão ocorreu em 1952.
À esquerda da Casa Rosada fica o Banco de La Nación.
Repare na imponente fachada do prédio.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Histórico da Área da Casa Rosada +++

Primeiro havia no local uma profunda vala.
Depois, um alto baluarte.
Até, construir-se um amplo forte.
Muito próximo da costa do rio.
Cujas águas adentravam sobre a incipiente cidade.
O forte de alvenaria sobreviveu por 150 anos.
No século XVIII, destruiu-se, enfim, a fortificação.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Histórico da Casa Rosada +++

Durante o século XVIII, construiu-se o novo prédio.
No início, ele serviu de residência a governadores espanhóis.
Mais tarde, às autoridades argentinas.
Bartolomé Mitre foi o primeiro presidente a ocupar o prédio.
Ele instalou-se no local, em 1862.
Domingo Sarmiento, o sucessor, instalou os jardins.
E pintou a fachada que até hoje vemos.
Porém o prédio não era o atual.
A construção da Casa Rosada iniciou em 1873.
E a inauguração ocorreu em 1898.
Ao longo do tempo, houve modificações arquitetônicas.
Como o grande arco de ingresso.
E os pátios cobertos da frente.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Casa Rosada +++

Fica no local onde Juan de Garay inaugurou um forte.
Hoje, ali se encontra a sede do governo argentino.

A imagem de Evita no alto das sacadas tornou-se célebre.
Seja em velhas fotos. Seja no filme de Alan Parker.

Fonte: Guia O Viajante – Argentina, Zizo Asnis, 2009.

Leonardo Brocker disse...

+++ Museo de la Casa Rosada +++

Mostra permanente da história constitucional argentina.
Revela as facetas pública e privada dos presidentes.
O museu reúne retratos, pinturas, documentos.
Há também bustos dos presidentes.
E textos explicativos sobre que ocupou o palácio.
De Bernardino Rivadavia (1826-27) a Héctor José Cámpora (1973).

Fonte: Guia O Viajante – Argentina, Zizo Asnis, 2009.

Leonardo Brocker disse...

+++ Museo Casa Rosada +++

Excelente maneira de reconstruir dois séculos de história.
O Museo Casa Rosada abriga rica coleção de objetos.
Muitos de ex-presidentes.
Há, também, a coleção com restos arqueológicos.
Repare no mural “Ejercicio Plástico”.
Do artista mexicano David Alfaro Siqueiros.
Uma obra-prima da arte latino-americana.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Plaza de Mayo +++

É a praça mais importante de Buenos Aires.
O nome homenageia a revolução de independência argentina.
Ela ocorreu em maio de 1810.

Na verdade, a cidade surgiu em torno da praça.
Inicialmente, ela se chamava Plaza Mayor.

No centro da praça, fica a Pirâmide de Mayo.
Trata-se de um ponto de encontro de manifestações.
Ali, reúnem-se as Madres de La Plaza de Mayo.

Fonte: Guia O Viajante – Argentina, Zizo Asnis, 2009.

Leonardo Brocker disse...

+++ Plaza de Mayo: História +++

Local onde Juan de Garay fundou definitivamente a cidade, em 1580.
Em 1810, o local da atual praça foi o cenário da Revolução de Maio.
Em torno dela, surgiram os prédios mais relevantes da vida cívica local.
Muitos deles, ainda existem.
Em 1890, ocorreu o primeiro ato de um partido político organizado.
La Unión Cívica.
A praça nunca mais deixou de ser epicentro das celebrações.
E também dos dissabores da sociedade portenha.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Plaza de Mayo: Manifestações +++

É a caixa de ressonância das grandes manifestações populares.
Desde a história e a política.
Até o festejo de Maradona com a Copa do Mundo.
Desde 1977, é o ponto de encontro das Madres de La Plaza de Mayo.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Pirâmide de Mayo e Prédios Históricos +++

A Pirâmide de Maio data de 1811.
E comemorou o primeiro ano da Revolução de Maio.
Ainda no século XIX, remodelou-se o monumento.

Ao redor da praça, vemos alguns prédios históricos.
Como a Casa Rosada, a Catedral, o Cabildo e a Legislatura.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Plaza de Mayo: General Belgrano +++

Em frente à Casa Rosada, há um monumento equestre.
Ele homenageia o General Manuel Belgrano.
Belgrano nasceu e morreu no bairro.
E é uma das maiores referências da história argentina.
Ele criou a Bandeira Nacional, emblema que ostenta na estátua.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design