sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Prédio Martinelli, O Mais Belo Arranha-céu de Sampa

Após conseguir a reserva para o show do Cauby Peixoto, separei-me de meus pais. Eles e a minha irmã queriam conhecer a Galeria do Rock e a Olido. Eu estava com uma fixação de conhecer o Prédio Martinelli e o do Banespa...

O primeiro pelo qual eu passei foi o Martinelli. A ventania estava sinistra. Talvez em função do dia que ainda não estava 100%. Como relatei em outra postagem, havia chovido durante toda a manhã neste dia...

Continuação de...


O Mais Belo Arranha-céu de Sampa!

Passei primeiro pelo Prédio Martinelli, o mais belos dentre os maiores prédios da cidade. Perguntei ao segurança se ainda haveria visitação naquela tarde. Pelo que havia visto na internet, teria. Mas sempre é bom ter certeza...

Ele disse que a última do dia começaria em 10min. Aguardei ali em frente e às 16h entrei no edifício. O próprio segurança era o guia. Subiram mais dois caras juntos. Um de Sampa, outro de Londres, com a maior cara de muçulmano...

Torre do Banespa vista do Martinelli
Torre do Banespa vista do Martinelli


Material Informativo e Elevador até o Terraço

Recebemos um material impresso com algumas informações sobre o edifício. Então, pegamos o elevador até o terraço do Martinelli.

O cara de São Paulo disse que estavam vindo do Banespa. Ali já não havia mais horários para visita guiada naquela tarde.

Parece que ali só é permitido o acesso até as 15h ou 15h30. Assim, a visita ao prédio do Banespa ficaria para outro dia.

O segurança do Prédio Martinelli havia comentado que a ventania estava bem forte no terraço. Realmente, estava rolando um vento meio sinistro lá em cima. De qualquer forma, a vista ali vale bastante à pena!

Mirante do Vale, O Maior Edifício do Brasil
Mirante do Vale, O Maior Edifício do Brasil

Prédio Martinelli x Banespa

Não conheci o Terraço Itália, mas visitei a torre do Banespa três dias depois. E, particularmente, preferi a visita ao terraço do Martinelli. Apesar de a vista do Banespa ser melhor. Até em função de sua altura mais elevada...

Para quem conseguir, sugiro que visite os dois: ficam a menos de 100m um do outro. Estudando os horários antes, você conseguirá apreciar as duas vistas! Só fique experto, pois o Prédio Martinelli só abre três dias por semana...


O Banespa visto do Martinelli

Justamente a primeira vista que se tem é a da torre do Banespa. E este é um ângulo único! A propósito: o nome oficial do prédio do Banespa é Edifício Altino Arantes...

O Martinelli foi construído na década de 1920. Quando inaugurado, era o maior edifício da América Latina. Ele proporciona uma interessante vista dos últimos andares do edifício do Banespa.

Bandeira de São Paulo no Edifício Banespa
Bandeira de São Paulo no Banespa

Já o Altino Arantes, inspirado no Empire State, foi inaugurado mais de 30 anos depois. Como é mais alto, acaba vendo o Martinelli de cima. Assim, acabamos perdendo quase todos os detalhes da bela arquitetura do edifício.

O que mais chama a atenção na torre do Banespa é a bandeira do estado de São Paulo, no topo!


Catedral, Palácio de Justiça e Mercado

Outra construção facilmente identificada é a Catedral da Sé. O templo, porém, fica parcialmente encoberto, identicando-se apenas a cúpula e as torres.

Já o belo prédio do Palácio da Justiça, à sua esquerda, pode ser visto de forma mais completa. Apesar de também ter uma pequena parte de sua construção encoberta...

Do Mercado Público de São Paulo, consegue-se ver uma das cúpulas.

Palácio de Justiça e Catedral da Sé
Palácio de Justiça e Catedral da Sé


Mirante do Vale

Já o Mirante do Vale, maior edifício do Brasil, destaca-se soberano na paisagem urbana. Do Martinelli, você terá a visão do Mirante do Vale que teria a partir do Viaduto do Chá. O que muda é o ângulo, a distância e a altura...

Do Viaduto do Chá a vista é quase frontal, portanto a distância até o edifício é menor. Além disto, a vista é de um ponto mais baixo, bem próximo ao solo.

Independente de se observar do Martinelli ou do Viaduto do Chá, o Mirante do Vale é o mesmo. E, definitivamente, o edifício em si não chama a atenção por nada além de sua altura.

Mirante do Vale visto do Prédio Martinelli
Mirante do Vale visto do Martinelli

A construção é desprovida de qualquer diferencial arquitetônico. E a situação ainda piora pela não padronização de cortinas. Pode parecer um mero detalhe, eu bem sei...

A questão é que os vidros são transparente e a maioria das salas não possui cortina. No entanto, outras possuem cortinas azuis, verdes, amarelas. Há até uma sala com cortinas rosa! Quer dizer, a poluição visual é considerável...


Outras Construções Vistas do Martinelli

O Martinelli proporciona, enfim, uma vista de 360o do seu entorno. Para não me extender ainda mais, apenas citarei outras construções relevantes vistas do seu terraço.

Vista do Mosteiro de São Bento
Vista do Mosteiro de São Bento

O Mosteiro de São Bento acaba sendo parcialmente encoberto por outro prédio. Da Avenida Paulista, a mais importante de São Paulo, identificam-se as inúmeras antenas.

Você também poderá identificar a grande torre central e a torre direita da Igreja Santa Ifigênia.

Além, é claro, da construção localizada no terraço do próprio Prédio Martinelli. O local não está aberto à visitação, pois vem sendo usado pelo governo do estado de São Paulo.

A Grande Torre da Igreja Santa Ifigênia
A Grande Torre da Igreja Santa Ifigênia

O relato segue com...

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design