sábado, 18 de fevereiro de 2012

Capivaras e Belo Lago no Horto Florestal de São Paulo

Minha viagem a São Paulo foi planejada em família. E a ampla maioria dos locais precisava de um consenso para ser visitada. 

Alguns só eu queria visitar e acabou indo a família inteira. É o caso do Museu da Língua Portuguesa e Cemitério da Consolação. Já o Prédio Martinelli, o CCBB e o Edifício Altino Arantes, do Banespa, eu acabei encarando sozinho.

Outro local que só eu queria ir era a Serra da Cantareira. Como ficaria dois dias a mais que minha família em Sampa, reservei a Cantareira para um dos dias...

O Belo Lago do Horto Florestal de São Paulo
O Belo Lago do Horto Florestal de São Paulo


Definindo o Roteiro...

A ideia era fazer trilhas na Serra da Cantareira. Peguei as referências de metrô e ônibus com a recepcionista do Okupe Hostel. Ela disse que nunca alguém havia perguntado como ir até a Serra da Cantareira. Consultou o Google Maps e passou o itinerário.

Deveria pegar o metrô na Estação Clínicas. Na Consolação, pegaria a Linha Amarela até a Estação Luz. E ali perto, o ônibus Jardim Atlântica...

Entrada do Horto Florestal de São Paulo
Entrada do Horto Florestal


Confusão até Pegar o Ônibus...
 
Consultei as guardas na Estação Luz e elas disseram que a rua que eu procurava começava na Estação Armênia. E na Estação Armênia, a fiscal disse que o ponto estação mais próxima para mim seria a Santana. Ou seja, cinco estações após a Luz. Quase o Google me colocou em uma roubada...

Chegando à Estação Santana, esperei por quase 20min, até o ônibus aparecer. Perguntei a uma passageira onde ficava a rua Peri Ronchetti. Ela avisou quando eu deveria descer. Disse que o outro ônibus - até a Serra da Cantareira - deveria pegar em frente a unidade da polícia. 

Patos Ciscando em Volta do Lago do Horto Florestal de São Paulo
Patos Ciscando em Volta do Lago do Horto


Acabei Mudando os Planos...

Chegando ali, pedi uma orientação para os guardas. Eles disseram que o ônibus realmente ia para a Serra da Cantareira. Mas não para as trilhas que eu desejava. Elas ficavam na Estrada do Roseiral. E para lá não há ônibus...

Sugeriram que eu fizesse a trilha da Pedra Grande e do Lago das Carpas. Só precisava cruzar o Horto Florestal e seguir à esquerda. Assim, acabei tendo de desitir das cachoeiras e parti para o Horto!

A Pracinha do Horto Florestal de São Paulo
A Pracinha do Horto Florestal de São Paulo


As Capivaras e o Belo Lago

Na verdade, entrei pelos fundos do Horto. Por uma entrada secundária... Cruzei o estacionamento e cheguei a uma pracinha. Ali você avistará grandes árvores em torno de um belo lago. Segui, então, para o lago...

Mas o que mais deve chamar a sua atenção, em torno do lago, são as capivaras. Estes roedores, de pelo amarronzado e grosso, quase não se mexem. Deitadas ao sol, parecem ignorar totalmente a nossa presença.

Difícil ver bichos deste tipo tão de perto. Ao menos, nos principais parques de Porto Alegre. Aproveitei, é claro, para tirar algumas fotos...

Capivaras em Torno do Lago do Horto Florestal de São Paulo
Capivaras em Torno do Lago do Horto



Os Patos e As Tartarugas

Continuando entorno no lago, vi alguns patos ciscando no chão. Mais à frente, diversas tartarugas disputavam um espeço sobre uma pedra. Outra, sabiamente, adonou-se sozinha de uma pedra. Literalmente, conseguiu o seu lugar ao sol...

Deixei o Horto Florestal, a caminho da Pedra Grande, no Parque da Cantareira.... Mas antes, comprei uma água, para garantir a hidratação nas trilhas...


Tartaruga Sozinha na Pedra do Lago do Horto Florestal de São Paulo
Tartaruga Sozinha na Pedra

O relato segue com...
Pedra Grande - O Ponto Mais Alto de Sampa 


Contabilidade do Dia
Metrô Estação Clínicas - Estação Santana = R$ 2,90
Ônibus 1758 - Jardim Antártica = R$ 3,00
Água 2L - Bar em frente ao Horto Florestal = R$ 3,50
Gasto Diário = R$ 9,40

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design