quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Tom Jobim: 85 Anos de Nascimento

Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim ou simplesmente Tom Jobim é um dos gigantes da música do século XX. Seja da música brasileira, seja da música internacional.

Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim, O Cantor e Compositor Tom Jobim
Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim,
O Cantor e Compositor Tom Jobim


Início da Carreira
O cantor e compositor nasceu em 25/01/1927, portanto, há exatamente 85 anos, na cidade do Rio de Janeiro. E foi justamente no Rio que Tom Jobim começou a sua carreira, como pianista das noites cariocas...

Sua carreira ganhou um novo impulso, influenciada por alguns grandes parceiros, como Newton Mendonça (Incerteza, 1953 e Foi a Noite, 1956) e Billy Blanco (Teresa da Praia e Sinfonia do Rio de Janeiro).

Teresa da Praia (1954) foi o primeiro grande sucesso de Tom Jobim!

Outros Destaques com Newton Mendonça
Desafinado (1958);
Meditação (1959);
Samba de Uma Nota Só (1959).



Parceria com Vinícius de Moraes
Então, foi chamado por Vinícius de Moraes para musicar a peça teatral Orfeu do Carnaval (1956). E assim nasceu uma parceria, que marcou a música brasileira no cenário mundial.

De "A Felicidade" (1959) à "Garota de Ipanema" (1962), a dupla só produziu genialidades. A parceria com o poeta Vinícius de Moraes foi a mais longa e produtiva de toda a carreira de Tom Jobim.

Outros Destaques com Vinícius de Moraes
Água de Beber (1961);
Amor em Paz (1960);  
Chega de Saudade (1958);
Crônica da Casa Assassinada (1973) - faz parte do filme homônimo;
Ela é Carioca (1963);



Eu Sei que Vou Te Amar (1959); 
Insensatez (1961)
Se Todos Fossem Iguais a Você (1956) - fez parte da peça de teatro Orfeu da Conceição; 
Só Danço Samba (1962); 
Soneto da Separação (1959).




Disco com Frank Sinatra

Em 1967, o cantor norte-americano Frank Sinatra gravou um disco com Tom Jobim ao violão. O disco tornou-se um clássico. E sete músicas deste álbum são de autoria do compositor brasileiro. São elas:

"Dindi" (1959) (Dindi)
"How Insensitive" (1963) (Insensatez)
"If You Never Come to Me" (1963) (Inútil Paisagem) - também recebeu o nome de Useless Landscape;
"Meditation" (1966) (Meditação)
"Once I Loved" (1966) (O Amor em Paz)
"Quiet Nights of Quiet Stars" (1960) (Corcovado)
"The Girl from Ipanema" (1963) (Garota de Ipanema) 

Outros Parceiros
Além dos parceiros já citados, Tom compôs com Aloysio de Oliveira (Só Tinha de Ser com Você, 1964); Chico Buarque (Anos Dourados, 1986), Paulo César Pinheiro (Matita Perê), e Dolores Duran (Por Causa de Você, 1957).

Tom Jobim musicou, em 1985, dois poemas do português Fernando Pessoa: "Cavaleiro Monge" e "O Rio da Minha Aldeia". No ano seguinte, musicou "Trem de Ferro", do poeta brasileiro Manuel Bandeira.

Outros Destaques com Aloysio de Oliveira
Dindi (1959) - "Tom costumava ir ao sítio da família, em Poço Fundo, no estado do Rio de Janeiro. Perto do sítio, havia uma mata, chamada sertão do Dirindi. O nome Dindi, ao contrário do que muitos pensam, não foi inspirado em nenhuma mulher. Tom gostava muito do nome Dirindi, e fez a contração para Dindi, que serviu de título à canção" (Adaptado de Clube do Tom);
Inútil Paisagem (1963).


Outros Destaques com Chico Buarque
A Violeira (1983);
Amparo (Olha Maria) (1970) - o nome original da música é Amparo. E foi mudado após Chico e Vinícius colocarem a letra;
Carta do Tom (1977) - resposta à Carta ao Tom, de Toquinho e Vinícius;
Eu te Amo (1980);
Imagina (Valsa Sentimental) (1947) - é a primeira composição de Tom Jobim que foi registrada. Chico fez a letra depois;
Meninos, Eu Vi (1983)
Piano na Mangueira (1992);
Pois É (1970);
Retrato em Branco e Preto (1968) - a música de Tom chamava-se Zângaro. Seu nome foi modificado após a inclusão da letra de Chico Buarque;
Sabiá (1968);
Turma do Funil (1979) - Tom e Chico acrescentaram uma introdução (melodia e letra à versão original, de Mirabeau, Milton de Oliveira e Urgel de Castro)


Outros Destaques com Dolores Duran
Estrada do Sol (1958);
Se é por Falta de Adeus (1955).


Disco com Elis Regina e Águas de Março

Por fim, um dos duetos mais famosos da música brasileira é o de Tom Jobim e Elis Regina, na música Águas de Março. O disco Elis & Tom foi gravado em 1974, só com músicas de Tom Jobim.

"Tom Jobim compôs a música 'Águas de Março', no sítio da família, em Poço Fundo, em março de 1972. O sítio passava por uma pequena reforma. Chovia muito. E a estradinha que levava para lá estava enlameada. Neste ambiente de obra, chuva e lama, Tom Jobim escreveu a letra e a melodia. E, no folheto que acompanhou a primeira gravação da música, lançada em um encarte da revista "O Pasquim" em 1972, Tom diz que foi inspirado pelos versos iniciais de Olavo Bilac, no poema 'O Caçador de Esmeraldas'". (Adaptado de Clube do Tom).

Tom Jobim faleceu, aos 67 anos, dia 08/dezembro/1994.




Músicas de Tom Jobim no Cinema e na TV

Anos Dourados (1986) - "Anos Dourados". Minissérie com Malu Mader e Felipe Camargo.

O Tempo e O Vento (1985) - "Passarim". Minissérie com Tarcísio Meira, Glória Pires e Lima Duarte.

Gabriela (1983) - "Tema de Amor de Gabriela". Filme com Sônia Braga e Marcelo Mastroianni, com roteiro adaptado da obra "Gabriela, Cravo e Canela", de Jorge Amado. Tom Jobim compôs a trilha sonora e cantou junto com Gal Costa "Tema de Amor de Gabriela". 

Brilhante (1981) - "Luíza". Novela com Vera Fischer. 

Um ótimo site, que relaciona todas as composições de Tom Jobim é o Clube do Tom.



0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design