quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Estação da Luz - São Paulo

A Estação da Luz, localizada no centro de São Paulo, foi erguida entre 1895 e 1901, como um símbolo da grande virada econômica da cidade. E sua estrutura, trazida da Inglaterra, inspira-se em traços da abadia de Westminster e do Big Ben, dois ícones da arquitetura britânica.

Três décadas antes, em 1867, a São Paulo Railway, empresa férrea criada pelo Barão de Mauá, começou a funcionar. Os trilhos atravessavam a Serra do Mar, unindo o porto de Santos à Jundiaí do café. E a São Paulo tornou-se um privilegiado entreposto comercial do "ouro verde".

Relógio da Estação da Luz
Relógio da Estação da Luz

Construída em estilo vitoriano, a Estação da Luz usou material vindo da Europa. A torre do relógio da Luz tornou-se uma referência. A obra fez surgir, no entorno, o primeiro bairro planejado de São Paulo. E nos Campos Elísios, foram erguidos os palacetes dos grandes fazendeiros.

Durante muitos anos, a Estação da Luz foi a porta de entrada para imigrantes, empresários e turistas que chegavam à cidade de São Paulo.

Chegada de Trem na Estação da Luz, São Paulo
Chegada de Trem na Estação da Luz, São Paulo
 
Mas a partir da Segunda Guerra Mundial, a dificuldade de importação de materiais comprometeu a conservação da estação. As viagens de longa distância ficaram ainda mais lentas e a operação deficitária. E, em 1946, um incêndio criminoso destruiu boa parte do prédio.

Entre 1947 e 1951, ocorreu a reconstrução e até ampliação da Estação da Luz. A linha férrea foi transferida, então, ao poder público. Hoje, este sistema serve aos trens metropolitanos. E acima da plataforma de trens, está instalado o Museu da Língua Portuguesa, no qual nosso idiomoa é o protagonista.


Veja também

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design