quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Catedral Metropolitana da Sé - São Paulo

No dia 25 de janeiro de 1912, Dom Duarte Leopoldo e Silva convocou políticos e pessoas importantes da cidade. O Arcebispo de São Paulo informou uma grande decisão: a antiga Catedral da Sé seria demolida. 

Ela daria lugar à nova Catedral, síntese de fé e arte. Um estímulo a pensamentos mais nobres e elevados. Com esta decisão, ele buscava construir o centro de convergência de todos os católicos de São Paulo. E criar uma escola de arte...


O Projeto e O Estilo

Para seu projeto, foi escolhido Maximiliano Hehl, professor da Escola Politécnica. O sr Hehl seguiu o estilo gótico das grandes catedrais europeias. E o adaptou a esta construção de 111 m de comprimento por 46 m de largura.

O projeto sempre gerou polêmica entre os paulistanos. O conjunto gótico possui cúpula renascentista, podendo a construção ser considerada eclética. Porém, as  características góticas são bem evidentes, dentre elas, os arcos ogivais.

A Cúpula Renascentista da Catedral da Sé
A Cúpula Renascentista da Catedral da Sé

O estilo gótico surgiu na França, no século XII, colocando um fim à escuridão da época medieval. A Catedral Gótica simboliza a casa do povo. Nela realizam-se, não só os atos religiosos, mas também atividades de toda a comunidade.

As igrejas tornaram-se altas e imponentes. Suas torres pontiagudas erguem-se como se fossem atingir o céu. Isto induzia os fieis a olharem para o alto.

A arquitetura segue embasada em um forte simbolismo teológico. As paredes são base espiritual da igreja e suas pilastras simbolizam os santos.

Os grandes vitrais fazem a luz entrar em múltiplas cores, para representar a presença divina. Alguns dos são europeus, outros brasileiros, confeccionados pela Casa Conrado Sorgenicht.


A Construção

Muito tempo se passou entre a decisão de Dom Duarte e a inauguração, em 25 de janeiro de 1954, na comemoração do quarto centenário de São Paulo.

A Catedral da Sé, um dos cinco maiores templos góticos do mundo foi inaugurada incompleta. Só ganhou, em 2002, as 14 torres previstas no projeto original.

A demora na construção foi causada, principalmente, pelas duas Grandes Guerras Mundiais. Elas dificultaram muito a importação dos materiais necessários.


Os Ornamentos

Construída refletir a fartura de recursos naturais, a Catedral da Sé é decorada com elementos da nossa fauna. Você verá o sapo-boi, o tatu, o tucano, o lagarto e a garça espalhados em todos os capiteis. 

Há também elementos da nossa rica flora simbolizados ali. E no arco de entrada, podemos observar os três responsáveis pelo crescimento econômico do país: cacau, trigo e uva. 

A igreja conta também com dezenas de estátuas e baixos-relevos. Foram feitos na Itália e trazidos para cá pouco antes de sua inauguração.

Observe ainda os púlpitos de nogueira e bronze. Ou a abóbada, ressaltada pela nova iluminação e as obras ao longo das paredes laterais.

Anjo na Catedral da Sé - São Paulo
Anjo na Catedral da Sé


Os Altares

No interior da Catedral da Sé, dedicada a Nossa Senhora da Assunção, podemos notar três altares. Além do altar-mor, principal, há o Altar de Sant´Ana, localizado à esquerda, e o de São Paulo, padroeiro da cidade, à direita. Todos estes altares foram construídos por grandes artistas italianos.


Órgão e Sinos

Fabricado na Itália, o órgão da Catedral da Sé é considerado o maior da América do Sul. Possui cinco teclados manuais e 12mil tubos com relevos entalhados à mão, seguindo o estilo gótico.

O carrilhão de sinos, localizado nas torres da Catedral, é composto de 61 sinos, sendo 35 deles acionados eletronicamente.


Cripta

Abaixo do altar-mor, fica a cripta, uma capela subterrânea inaugurada em 1919, no mesmo estilo da Catedral da Sé. Ao redor de suas colunas e arestas, estão 30 câmaras mortuárias destinadas a guardar os restos mortais dos arcebispos.

Há também duas personalidades históricas: Padre Feijó, regente do Império, e o Cacique Tibiriçá, primeiro cidadão de Piratininga.

Cacique Tibiriçá na Cripta da Catedral da Sé
Cacique Tibiriçá na Cripta da Catedral da Sé


Capela do Santíssimo

A entrada da Capela do Santíssimo é cercada por imensos anjos. Eles parecem proteger a capela, observando a entrada de todos os fieis. Em seu interior, estão colocados lado a lado, as imagens dos nove Santos Doutores da Eucaristia.


Presbitério

No Presbitério, encontra-se o altar-mor, que é todo construído em predras que trazem as cores da bandeira do Brasil. Ali você verá o pálio, os púlpitos e todo o simbolismo de suas imagens sacras.


0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design