segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Bancos, Centro Cultural Banco do Brasil e Pateo do Collegio - São Paulo

Após a missa no Mosteiro de São Bento, conheci a Igreja Santa Ifigênia. Retornei ao Mosteiro e comprei um mini bolo Santa Escolástica em sua padaria. E como a recém passava do meio-dia, iniciei uma caminhada pela região. Iria encontrar-me com meus pais na Estação da Sé somente às 13h30...

Conferi a fachada de alguns prédios, como o Martinelli, o Banespa e a Bovespa. E segui para o Centro Cultural Banco do Brasil, uma bela construção. Depois, parti em direção ao Pateo do Colégio e finalmente, ao Largo da Sé...

Claraboia do Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo
Claraboia do CCBB de São Paulo

Continuação de...

A rua em frente ao Mosteiro leva ao centro financeiro de São Paulo. Caminhando uma quadra, veremos na esquina, à direita o Edifício Martinelli.  

Construído pelo empresário italiano, este edifício foi, durante alguns anos, o maior da América Latina. É uma bela construção, com quatro torres em cor salmão ou rosa. No ápice, a contrução onde residia o sr Martinelli.

O Imponente Edifício Martinelli


A Rua dos Bancos

À esquerda, fica a BM&F, o prédio do Banespa e do Banco de São Paulo. O prédio do Banespa, uma réplica do Empire State, de Nova York, fica em uma esquina. Em frente a ele, fica o prédio da BM&F. Ao lado, o do Banco de São Paulo.

BM&F - Bolsa de Mercadoria & Futuros - São Paulo
BM&F - Bolsa de Mercadoria & Futuros

Banco de São Paulo
Banco de São Paulo

Seguindo pela rua que passa em frente ao Banco de São Paulo, está o prédio da Bovespa. Um pouco a diante, o belo prédio do Banco Francês e Italiano. Em cor creme, a construção tem três portões de ferro, entre quatro colunas clássicas.

Banco Francês e Italiano - São Paulo
Banco Francês e Italiano - Depósito Noturno

Fachada do Banco Francês e Italiano - São Paulo
Fachada do Banco Francês e Italiano


O Centro Cultural Banco do Brasil

Pegando-se a primeira rua à direita, chega-se ao Centro Cultural Banco do Brasil. É um dos prédios de mais bela arquitetura do Centro Histórico de São Paulo. Um local cujo interior vale à pena se conhecer.

Balcão de Madeira na Entrada do Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo
Balcão de Madeira na Entrada do CCBB

O prédio abrigou a primeira agência do Banco do Brasil de São Paulo. Hoje, o local é usado para exposições e peças teatrais. Quando passei por ali, não havia exposições. E a única peça em cartaz teria a última sessão naquela noite.

As Belas Luminárias no Vão Central do Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo
As Belas Luminárias no Vão Central do CCBB

Aproveitei para circular um pouco ali dentro e tirar algumas fotos. Na entrada, há o balcão de madeira sobre um degrau de mármore. Mas talvez o mais belo seja a claraboia, tanto vista do térreo como do último andar. Já as paredes em torno do vão central são guarnecidas por belas luminárias...


Pateo do Colégio

Do CCBB, segui em direção ao Pateo do Collegio. Na ocasião, o Museu Anchieta estava aberto. Como já era um pouco mais de 13h, acabei não conhecendo o local. Afinal, teria cerca de 20min para conhecer as três partes do Museu. Preferi deixar a empreitada para outro dia e aproveitar daí com mais calma...

Padre Anchieta e Uma Índia no Pateo do Collegio, em São Paulo
Padre Anchieta e Uma Índia

Chafariz no Jardim do Pateo do Collegio, em São Paulo
Chafariz no Jardim do Pateo do Colégio

Acabei tirando fotos de prédios em redor do Pateo do Colégio. Em frente, o Primeiro Tribunal de Alçada Cível e o monumento Glória Imortal aos Fundadores de São Paulo. À esquerda, os prédios da Secretaria de Justiça de São Paulo. Atrás dela, a Casa Número 1 e o Solar da Marquesa de Santos.

Primeiro Tribunal de Alçada Cível, em São Paulo
Primeiro Tribunal de Alçada Cível

Monumento Glória Imortal, em São Paulo
Monumento Glória Imortal


Casa Número 1 e Solar da Marquesa de Santos

A Casa Número 1 mistura taipa de pilão com tijolos. Foi erguida sobre a base de uma das primeiras construções da cidade. 

Enquanto o Solar da Marquesa é considerado o último exemplar de arquitetura residencial urbana do século XVIII. Ele foi construído em estilo neoclássico e era chamado de Palacete do Carmo.

Secretaria de Justiça de São Paulo, em São Paulo
Secretaria de Justiça de São Paulo

Foi adquirido em 1834 pela Marquesa de Santos, ex-amante de Dom Pedro I. A marquesa viveu nesta residência até 1867, quando veio a falecer. Entre a casa e o solar, fica o Beco do Pinto. Todos passando por reformas...

Passei rapidamente pelo café do Pateo do Colégio, para conferir sua vista. Segui, então, em direção à Estação da Sé para fazer o Turismetrô.

Solar da Marquesa de Santos, em São Paulo
Solar da Marquesa de Santos

O relato segue com...

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design