quarta-feira, 31 de agosto de 2011

A Trilha até o Peito do Pombo, no Sana

Com seus 1.400 m, o Peito do Pombo é a maior atração do Sana para os aventureiros de plantão! Aqui relato minha trilha até o topo desta rocha que lembra um pombo sentado...

Continuação de


Primeiro Trecho - Trilha na Mata

Trilha na Mata até o Peito do Pombo, no Sana
Trilha na Mata até o Peito do Pombo
Passei um pouco de Sundown e saímos dali pelas 08:30. 

Um dos monitores nos acompanhou até as Sete Quedas e ia abrindo os portões das Cachoeiras.

Já o trecho inicial percebi que a trilha até o Peito do Pombo seria bem forte... 

Então, eu pensei: se o Rodrigo - que foi meu guia na trilha - estava encarando de pés descalços, não deve ser nada tão difícil!

Ledo engano! O cara era meio Highlander mesmo...

O primeiro trecho da trilha, que inclui a subida pelas cachoeiras, é de mata (veja a foto acima). No caminho, lama, poças de água, pedras, pedregulhos, árvores e raízes...

Uma subida neste tipo de terreno - pode parecer óbvio! - exige bastante do indivìduo. Na metade deste trecho incial, eu já estava suando bastante...


Segundo Trecho - Trilha no Pasto

Depois do trecho de mata, há um trecho de pasto. Ali, cruzam-se algumas porteiras e caminha-se no meio do gado.

Vista do Peito do Pombo no Trecho do Pasto, Sana
Vista do Peito do Pombo no Trecho do Pasto
O terreno é bem menos hostil, não há dúvidas!

Porém, a exposição ao sol é maior e não há fontes de água, como no trecho de mata!

Neste trecho de pasto, nós temos as primeiras visões do Peito do Pombo (foto ao lado).

Na trilha, passamos por um bananal, antes de uma ponte improvisada em um tronco caído. 

Ali é inevitável pisar na água, durante a travessia.

Segue uma subida em um barranco, por trilha de terra, no meio do pasto. Lembro que na metade nesta subida foi a primeira vez que tomei água... 


Terceiro Trecho - Trilha na Mata e no Pasto 

No fim do pasto, há um trecho intercalando pequenos trilhas na mata, com outras de pasto. Na verdade, em alguns momentos, a trilha desaparece!

O Rodrigo disse que sempre tem um pouco de medo nestes dois pequenos trechos de pasto... Afinal, ali há uma probabilidade maior de haver cobras.


Quarto Trecho - Trilha na Mata

Vista do Topo do Peito do Pombo, no Sana
Vista do Topo do Peito do Pombo
Após os dois pequenos trechos de pasto, segue-se uma trilha mais extensa de mata fechada.

É o tipo de trilha que quando você já está detonado ainda não chegou o pior trecho...

Há umas duas fontes de água no caminho, o que ajuda a aplacar a sede!

Nesta mata, há muitos desníveis ou degraus, lama e folhas molhadas que contribuem para escorregões...

No quarto trecho, usei direto o bastão de trekking - que já vinha ajudando, eventualmente, desde o primeiro pasto...

O desgaste físico é intenso. Minhas calças e camiseta estavam encharcadas de suor... 


Quinto Trecho - Trilha na Mata

Na última fonte de água, fizemos a nossa única parada, onde me sentei para descansar uns 5 min. Dali em diante, o Rodrigo disse que era a "Prova dos 9". Realmente, a pegada era é violenta. A exigência era muito alta...

Neste último trecho na mata, a subida é ainda mais íngreme. E os degraus, bem mais altos...

Vista da Rocha do Peito do Pombo no Topo - Sana
Vista da Rocha do Peito do Pombo no Topo
Chegamos na base da rocha às 10:32 e, às 10:40, no topo do Peito do Pombo (veja a foto ao lado).

Fizemos toda a trilha em cerca de 2:10, em ritmo bem forte e quase sem paradas...

O Rodrigo comentou que nunca havia subido, com "turistas", em menos de 2:30!

Considerando o trekking que eu fiz na véspera, esta informação acabou servindo de consolo.


O Peito do Pombo e A Vista

O cansaço era muito grande. E mesmo com a vista espetacular, eu preferi descançar antes das fotos. Deixei a mochila no chão e me sentei na sombra, sob a rocha do Peito do Pombo.

Depois, deitei um pouco, apoiando a cabeça sobre a mochila. Descansei por quase uma hora, curtindo em paz a fantástica paisagem! 

Então, tomei um pouco de água e comecei com as fotos... Tirei fotos em todas as direções (veja a foto abaixo). 

Depois subimos no mirante, em frente ao Peito do Pombo. Dali, tirei outras fotos da paisagem e algumas do Peito do Pombo.

Paisagem do Topo do Peito do Pombo - Sana
Paisagem do Topo do Peito do Pombo
A vista é espetacular e com grande alcance em todas as direções.

O Peito do Pombo é meio bizarro. E olhado lá de baixo parece muito mais com um pombo.

Há uma foto clássica, que é sobre uma pedra, tendo o Peito de Pombo ao fundo...

Tirei as fotos e iniciamos a descida, pelas 12:10.

O relato segue com...

5 comentários:

Ricardo disse...

Maneiríssimo o post... Abçs.

alan vitor Gomide disse...

Você tem o telefone deste guia ?

Unknown disse...

O peito do pombo é localizado onde?Pode acampar sozinho ou precisa ser camping?

Leonardo Brocker disse...

Olá,

O Peito do Pombo fica no Sana, Rio de Janeiro.
Há um link para a cidade na abertura do relato.

No Sana, há camping e pousadas.
Mas creio não ser possível acampar na Pedra do Pombo.

Quando estive lá, havia uma guarita com monitores.
Um deles até serviu de guia.

O Alan perguntou acima se eu tinha o telefone do guia.
Na verdade, não tinha.
Combinei com os monitores na guarita mesmo.
Além disso, o meu celular, em geral estava fora de área ali.

Abraço,

Alexsandre Araujo disse...

Caso alguém queira visitar o peito do pombo.
Entre em contato pelo whatsapp
22 981724485

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design